sexta-feira, 5 de abril de 2013

Bastão & Pic...Mochilas




Na tasca depois dumas quantas jolas
- Sabes Bastão, acho que vou mudar o meu nome!
- Vais mudar o nome Picolé? E porquê, posso saber?
- Na gosto, e ontem tava na fila do supermercado pra apanhar os descontos de 50% e ouvi um gajo chamar Picolé a uma senhora toda pintada. Achas-me com cara de senhora pintada?
- Não, realmente és mais feio! Mas… mudar o nome!? Não sei se podes! Quem é que te baptizou?
- Sei lá! Acho que foi um marmanjo sem imaginação e com inspiração de couve, couviu esta palavra, ou chamarem isto a uma coisa qualquer na sei donde, e na teve pa se preocupar mais, botou-me esta graça ao invés de me botar um nome mais igual a mim e à minha categoria!
- Aaaaaa ok, bem, tu lá sabes! E qual é o nome mais de acordo contigo e com a tua personalidade?
- Ó Bas… palavras caras não! Sabes bem que me custa percebe-las!
- Que nome é igual a ti e à tua categoria?
- Ah isso! Atão… tava a peeeensaaaaaar emmmm (voz muito baixa) Mochilas!
- Han!?
- (voz ligeiramente mais alta) Mochilas!
- Mochilas!? Disseste… Mochilas???!!!
- Sim, tens alguma coisa contra esse nome?
- Não, mas é o que a malta usa para transportar coisas que são uteis e alimentos e bebidas numa caminhada, o que é que isso tem com a tua personalidade, perdão, categoria?
- Atão eu na sou útil numa caminhada?
- É pá… mas tu nem mochila usas! Onde está a tua utilidade?
- Mas ajudo a despeja-las! Assim os gajos que as transportam já na andam com tanto peso às costas e na se cansam tanto! Diz lá que isto na é ser útil!
- Porra Pico…
- Mochilas! é Mochilas!
- Ok… muda lá o nome! Mas tens de ir a uma loja do cidadão não é?
- Né preciso! Só tu é que me conheces e a ti na pago impostos…
- Pi… Mochilas, mas nome não é só para os impostos! Há muita coisa ao longo da vida que vais precisar, e ter nome ajuda a identificar-te!
- Ah… quero lá saber disso! Ê quero é viver sem ninguém saber que existo pa na me prenderem por dizer coisas!
- Queres clandestinidade e….
- Ó Bastão… nada d'ofenças, eu na te tratei mal pa tu tares com esses improsépios, tu tens as tuas cenas e eu nunca tofendi… porra pá, nunca pensei que fosses ser tã casmurro e naceitar o nome que quero ter. O Prince quando quis que o tratassem por aquela coisa que nem era nome tu na tofendeste assim. Vou-me embora, se quiseres falar comigo sou o Mochilas…
- Vais-te embora? E a conta, quem a paga?
- A conta? Qual conta?
- Esta despesa, as bejecas!
Apalpa os bolsos
- Ó pá, esqueci-me da carteira! Pagas e opois dizes quanto te devo?
- Tá bem, vai lá descansado ó Mochilas…
   amigo é mesmo assim, tem de ter paciência…


Joãocasaldafonte